Polêmica

Envolvido em denúncias, Demóstenes deixa liderança no Senado Federal

Senador Demóstenes Torres recebeu telefone de presente bicheiro Foto: Agência Senado

O senador Demóstenes Torres (DEM-GO) pediu afastamento da liderança do Democratas no Senado Federal. A comunicação foi encaminhada ao presidente do partido, senador José Agripino Maia (RN) nesta terça-feira (27). No documento, Demóstenes alega que se afasta da liderança para acompanhar a evolução dos “fatos noticiados nos últimos dias”.

Na imprensa
A revista Carta Capital do último fim de semana publicou o que afirma ser o teor de um relatório da Polícia Federal, no qual Demóstenes é acusado de receber recursos do esquema de exploração de jogos ilegais de Carlos Cachoeira, que está preso.

Leia ainda:
Nos jornais: Senador ganhou telefone de bicheiro 

Matéria do jornal O Globo fala de um pedido de dinheiro feito pelo senador goiano ao contraventor. Semanas atrás, Demóstenes havia sido acusado de receber presentes e de trocar cerca de 300 telefonemas com Cachoeira, conforme informações da Polícia Federal.

A situação de Demóstenes deve ser abordada durante reunião de líderes na tarde desta terça-feira.

Com informações da Agência Senado


Curtir: