Denúncia
Atualizado em: 10/08/2011 - 8:16 pm

O blog Polítika teve acesso a lista com os nomes das cidades, das associações e as quantidades de kits sanitários que foram “acordados” para serem construídos em cada uma delas, com os respectivos valores. Chama a atenção a inclusão da capital Fortaleza, onde um conselho comunitário recebeu R$ 400 mil para a construção de 200 kits, em 2010.

A lista também apresenta o município de Ipu, cujo caso, fartamento documentado, foi denunciado pela TV Jangadeiro pelo recebimento de mais de R$ 3 milhões  para a construção de 2.108 banheiros.

Entre as cidades que mais receberam banheiros no ano eleitoral, estão Brejo Santo, que em três convênios recebeu R$ 932 mil para a construção de 566 kits. Quixadá é outro município bem atendido pela Secretaria das Cidades, com R$ 600 mil para 300 kits. Em Tamboril, três convênios totalizam R$ 1.3 milhão, para 650.

O Tribunal de Contas do Ceará (TCE) divulgou a informação, na última terça-feira (9), que 92 convênios para construção de kits sanitários em 47 municípios cearenses no exercício de 2010 estão sob investigação.

O MPC ressalta que a regularidade e execução destes convênios “ainda estão sob o exame criterioso deste órgão, de maneira que, até a conclusão desta atividade, não é possível efetuar nenhum juízo de valor definitivo”.

Você confere mais informações na cobertura desta quinta-feira (11).

Leia mais:
Banheiros fantasmas: TCE vai investigar 92 convênios em 47 municípios
Vídeo: Banheiros Fantasmas em Jaguaruana
Deputada envia denúncia ao Conselho de ética e chama ex-assessor do TCE de marginal
Banheiros fantasmas: Deputado propõe CPI para  investigar escândalo envolvendo secretaria das Cidades  
Ex-secretários prestam depoimento sobre Escândalo dos Banheiros

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me