Articulação Partidos

“Estamos reestruturando o PSDB no Ceará e o Tasso está totalmente envolvido”, afirma Marcos Cals

“Estamos reestruturando o PSDB no Ceará e o Tasso está totalmente envolvido”, afirma Marcos Cals
“Estamos reestruturando o PSDB no Ceará e o Tasso está totalmente envolvido”, afirma Marcos Cals

O presidente estadual do PSDB, Marcos Cals, afirma que a sigla passa por um momento de reestruturação em todo o Ceará, contando com o total apoio do ex-governador Tasso Jereissati. A declaração foi feita durante entrevista à Rádio Assunção na manhã desta quarta-feira (13).

Baixas
Ao reconhecer que o partido teve “baixas” devido à migração de tucanos para o PSD e disputas sem êxito nas duas últimas eleições, Cals ressaltou o compromisso e resistência dos que compõem a sigla atualmente.

Candidatura em 2014
Sobre a possibilidade do PSDB apresentar candidatos ao Governo Estadual e ao Senado em 2014, Marcos Cals afirmou que tal cenário dependerá da mobilização nacional do partido, que tem apresentado o senador Aécio Neves como provável candidato à disputa presidencial. Nesse contexto, caso o mineiro consiga destacar-se nacionalmente com perspectivas reais de êxito, Cals disse não descartar um possível retorno de Tasso Jereissati às eleições. “Tasso tem credibilidade, serviço prestado e estrutura para ir à luta”, disse.

Faltou voto
Sobre a disputa para a Prefeitura de Fortaleza no ano passado, ao lado do também tucano Fernando Hugo, Marcos Cals brincou ao responder pergunta sobre os motivos da derrota: “perdi a eleição por falta de voto”.

Sem arrependimento
Ele destacou que eleição majoritária requer uma infraestrutura razoável para acessar a maior parte da população e a que não dispunha de volume de campanha para tal, apesar do PSDB ter ajudado bastante dentro das possibilidades. “Eu não tenho nenhum arrependimento de ter ido à luta e ter defendido a mensagem contra as drogas, por um choque de gestão, modernidade e atualização de Fortaleza como um todo, cobrando eficácia dos que operam nas diversas áreas”, enfatizou.

Futuro político
Marcos Cals ainda reconheceu que já recebeu convites de outros partidos políticos após o pleito de 2012, mas que não sairá do PSDB, legenda pela qual pretende disputar mais um mandato de deputado estadual nas próximas eleições. “Eu vou trabalhar. A eleição é dura”, disse.


Curtir: