Fortaleza

Estudantes fecham rotatória da Aguanambi em apoio aos professores

Alunos apoiam a mobilização dos professores da rede estadual Foto: Blog Auriberto Carvalho.

Alunos de cerca de 25 escolas públicas da rede estadual de ensino do Ceará fizeram, na manhã desta quinta-feira (10) na rotatória da Avenida Aguanambi, em Fortaleza, uma manifestação em apoio à luta dos professores em relação a melhorias no salário e nas condições de trabalho.

Sob palavras de ordens como Professor é meu amigo. Mexeu com ele, mexeu comigo”, alunos pararam o trânsito em protesto. Em seguida, os estudantes seguiram em direção a Escola Geni Gomes, na Avenida Borges de Melo. Antes da manifestação na rotatória, eles estiveram mobilizados em frente às escolas em que estudam.

Apesar de apoiar os professores na luta por melhores salários e condições de trabalho e, consequentemente pela qualidade do ensino, alguns estudantes temem a possibilidade da greve voltar e de, assim, acabarem perdendo o ano letivo.

Greve de volta?
Professores da rede estadual de ensino vão decidir se voltam ou não à greve durante assembleia geral na tarde desta sexta-feira (11). A categoria vai analisar a proposta apresentada pelo Governo do Estado durante reunião na última sexta-feira (4).

O governo propôs aumento salarial imediato de 15% para todos os profissionais do magistério (efetivos, temporários, aposentados e pensionistas), que será pago em duas parcelas, uma neste mês de novembro e outra a partir de janeiro de 2012.

Proposta
Além dos 15%, o governo propôs gratificação de 20% para professores com título de mestrado e de 30% para doutores. Todos os aumentos são baseados na atual tabela, e os recursos serão do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica a de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Investimentos diminuem
Com o aumento, no entanto, os investimentos na infraestrutura das escolas e material didático vão diminuir em 2012 (5%) e será zero nos dois anos seguintes, de acordo com a categoria. Outra proposta apresentada pelo governo foi a implantação, a partir de 2012, do regime de um terço da carga horária para atividades de planejamento.

Leia mais:
Professores da rede estadual protestam pedindo greve imediata
Professores do Estado se reúnem para avaliar negociações
Professores realizam plenária para discutir negociações
Professores voltam as aulas após 63 dias de greve

Da Redação do Jangadeiro Online, com informações do repórter Julião Júnior

3 thoughts on “Estudantes fecham rotatória da Aguanambi em apoio aos professores

  1. Essa é a geração que se levanta e não é comodista, somos alunos e merecemos respeito pelos “digníssimos” governantes…

  2. enquanto nos estudantes não tivermos educação de qualidade vamos sair nas ruas protestar pelos nossos direitos como sociedade futura!!!

Comments are closed.