Ceará

Farra da vassoura: Presidente da Câmara de Juazeiro responde a esclarecimento do PSC

Wellington Sabóia é o presidente do PSC. Foto: CMFor
Wellington Sabóia é o presidente do PSC. Foto: CMFor

O presidente da Câmara de Juazeiro do Norte, Antônio de Lunga, encaminhou ao PSC, na última sexta-feira (05), esclarecimentos sobre as denuncias da compra excessiva de materiais de limpeza. A polêmica teve repercussão nacional e motivou o presidente estadual do Partido Social Cristão (PSC), vereador Wellington Sabóia, a questionar o vereador.

Denúncia
De março a junho deste ano, o Legislativo municipal comprou 4,2 mil vassouras, 2,5 mil quilos de sabão, 33 mil unidades de palha de aço e 312 unidades de óleo de peroba, entre outras aquisições.

Leia aqui:
Vereadores de Juazeiro do Norte compram quatro mil vassouras, 33 mil esponjas e óleo de peroba

Comissão disciplinar
Sabóia encaminhará ofício ao diretório de Juazeiro do Norte, que vai acompanhar o andamento do inquérito que  investiga a compra excessiva dos produtos, a partir de denúncia do vereador Danty Benedito (PMN) que afirma que as aquisições teriam objetivo de favorecer empresários. “Vou encaminhar outro ofício para o diretório do PSC em Juazeiro do Norte para que seja instaurada uma comissão disciplinar que apure com mais veracidade os fatos”, diz Sabóia.

Tribunal de Contas
O Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará (TCM) realizou na última terça-feira (03) uma inspeção nas contas do ano de 2013 da Câmara Municipal de Juazeiro. O objetivo é fiscalizar as despesas realizadas já na atual gestão, com prioridade às relacionadas com a compra de materiais de limpeza, de expediente e alimentos, que gerou questionamentos.

Investigação
O caso é apurado pela polícia e pelo Ministério Público Estadual do Ceará. A suspeita é de que a compra foi feita para beneficiar as empresas vencedoras da licitação


Curtir: