Ficha Limpa

Ficha Suja: STF manda Justiça Eleitoral dar posse a Cássio Cunha Lima

Cássio Cunha Lima

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) determinaram nesta quarta-feira (19) que a Justiça Eleitoral dê posse a Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) no cargo de senador. O registro do político havia sido barrado pela Lei da Ficha Limpa no ano passado, porque ele teve o mandato de governador cassado em 2008 por suspeita de abusos nas eleições de 2006. Com a anulação dos efeitos da Lei da Ficha Limpa nas eleições de 2010, Cunha Lima se tornou elegível.

Em maio deste ano, o relator do caso, Joaquim Barbosa, já havia determinado a posse do político. No entanto, vários recursos de coligações rivais tentavam impedir o cumprimento da decisão. O julgamento desta tarde contou com a presença do relator do caso, ministro Joaquim Barbosa, que participou da primeira sessão plenária desde que voltou da licença médica em setembro.

Ao negar todos os recursos contra a posse de Cunha Lima, o ministro explicou que a inelegibilidade do ex-governador, com base na redação original da Lei Complementar nº 64/90 – alterada posteriormente pela Lei da Ficha Limpa – já teria esgotou seus efeitos.


Curtir:


2 thoughts on “Ficha Suja: STF manda Justiça Eleitoral dar posse a Cássio Cunha Lima

  1. O STF é o primeiro que tem que ser investigado, além de liberar fichas sujas ainda se constitui o cemitério dos ´processos milionários.

  2. O STF é o primeiro que tem que ser investigado, além de liberar fichas sujas ainda se constitui o cemitério dos ´processos milionários Nelsão de Cabrália!

Comments are closed.