Fortaleza

Fortaleza: Pesquisa revela variação de preços de até 124% em um mesmo hotel

Fortaleza: Pesquisa revela variação de preços de até 124% em um mesmo hotel
Fortaleza: Pesquisa revela variação de preços de até 124% em um mesmo hotel

As diferenças de preços em um mesmo hotel – entre o cobrado no balcão e o fornecido por telefone – pode chegar a 124%. É o que atesta pesquisa divulgada pelo Núcleo de Educação do Consumidor (Educon), da Universidade Federal do Ceará, e pelo Procon-Fortaleza.

O levantamento foi realizado entre os dias 23 e 27 de maio e levou em consideração valores cobrados por telefone, expostos no saguão e informados pelo recepcionista do hotel.

Metodologia
A Coordenadora do Educon, Shandra Aguiar, informa que, no total, seis pesquisadores, sendo quatro da UFC, fizeram o levantamento em 69 estabelecimentos de Fortaleza. A metodologia da pesquisa considerou preços de hotéis, com quartos simples e duplos, de cinco estrelas, quatro e três estrelas.

Maior
A maior diferença está no Hotel Gran Marquise, com preços cobrados para quarto simples: por telefone, R$ 1.029,25; no saguão, R$ 495,00; e informado pelo recepcionista; R$ 460,00, representando uma diferença de 124%, conforme Shandra. Ainda de acordo com ela, “as diferenças verificadas são diversas e ferem o artigo 5º da Lei Federal nº 10.962, de 2004 e os artigos 6º, no inciso III, o 31 e o 35 do Código de Defesa do Consumidor.”

Ela orienta que o consumidor que se sentir lesado tem o direito de reclamar do hotel a cobrança do valor mais baixo. Caso não seja atendido, deve procurar um órgão de defesa do consumidor. Além disso, a Coordenadora do Educon disse que a pesquisa não levou em conta preços pesquisados na Internet, uma vez que ali os preços normalmente são promocionais.

Objetivo
A pesquisa teve por objetivo monitorar e evitar abusos nos preços estabelecidos pela hotelaria de Fortaleza. Faz parte de uma das ações da Câmara Temática de Hotéis, Bares e Restaurantes, integrante da Câmara Técnica de Turismo e Consumo, de que participam o Educon e o Procon-Fortaleza.

Câmara
A Câmara Técnica tem como objetivo implementar ações integradas e articuladas entre os órgãos que trabalham com educação e defesa do consumidor no Ceará, para promover a proteção dos consumidores no âmbito do turismo. Com isso, pretende monitorar as diárias dos hotéis e, principalmente, defender o consumidor turista em períodos de grandes eventos, como a Copa das Confederações, que começa em Fortaleza no próximo dia 15, e ainda a Copa do Mundo, no próximo ano.

Com informações da UFC


Curtir: