Ceará

Fórum Clóvis Beviláqua capacita instrutores para atendimento a deficientes visuais

Fórum Clóvis Beviláqua capacita instrutores para atendimento a deficientes visuais. Foto: TJCE
Fórum Clóvis Beviláqua capacita instrutores para atendimento a deficientes visuais. Foto: TJCE

O Centro de Treinamento Integrado (CTI) do Fórum Clóvis Beviláqua encerrou, na terça-feira (29/01), o curso “Qualidade no Atendimento ao Deficiente Visual” para integrantes da equipe do “Posso Ajudar”. A capacitação teve início na segunda, 28, e foi ministrada pelo servidor Sandro Roberto Veloso de Araújo.

Objetivo
O objetivo foi demonstrar aos funcionários a maneira adequada de abordar, conduzir e oferecer ajuda aos deficientes visuais que procuram os serviços do Fórum. “A ideia do curso surgiu da minha experiência ao perceber que as pessoas oferecem ajuda da maneira errada”, explicou o palestrante, que também é deficiente visual.

Treinamento
O treinamento abordou a história do sistema braille, a inclusão social dos deficientes na sociedade e seus direitos como cidadão, além de dinâmicas e técnicas explicando como tratar os deficientes. A capacitação foi dividida em duas turmas para não comprometer o trabalhos realizados pela equipe do “Posso Ajudar”. O grupo auxilia os jurisdicionados que buscam informações no Fórum Clóvis Beviláqua.

“Foi uma experiência fundamental, pois já nos deparamos com várias situações de pessoas deficientes e não sabíamos como orientá-las corretamente. Agora, com o curso, entendemos a maneira certa de tratar e ajudar”, disse Sanderson Lira, integrante do “Posso Ajudar”.

Com informações do TJCE


Curtir: