Ceará

Governo anuncia revisão salarial de 5,58%; Salário mínimo no Ceará fica em R$ 723,00

A divulgação foi feita em entrevista coletiva concedida pelos secretários Eduardo Diogo, da SEPLAG, Mauro Filho, da SEFAZ, e o procurador geral Fernando Oliveira, da PGE

O Governo do Estado, por meio das Secretarias do Planejamento e Gestão, Fazenda e da Procuradoria Geral do Estado, divulgou nesta quinta-feira (13), a proposta de reposição salarial dos servidores públicos estaduais.

Aumento
O aumento linear será de 5,58%, a vigorar a partir de 1º de janeiro de 2013 e beneficiará 133.959 servidores, sendo 61.497 ativos, 55.807 aposentados e 16.655 pensionistas.

Equilíbrio
Durante entrevista coletiva, o secretário de Planejamento, Eduardo Diogo, disse que o objetivo básico e direto da coletiva é levar ao conhecimento da sociedade o conjunto de benefícios que o governador Cid Gomes está proporcionando aos servidores, por reconhecer a importância dos agentes públicos no sucesso da administração estadual. Mauro Filho, secretário d Fazenda, destacou, com ênfase, os esforços que o Governo vem fazendo para manter o equilíbrio das finanças do Estado, bem como as reduções de custeio.

Acumulados
O secretário Eduardo Diogo fez uma exposição detalhada dos aumentos acumulados concedidos aos servidores no atual governo. O Secretário disse também que a folha de pagamento aumentou de R$ 2,943 bilhões, em 2006, para R$ 5,332 bilhões, em 2011 e este ano deverá ficar em R$ 6,266 bilhões.

Salário Mínimo
A remuneração mínima do servidor será de R$ 723,00 a partir de 1º de janeiro do próximo ano, beneficiando 26.802 servidores e o auxilio alimentação será de R$ 10,56, contemplando 33.264 servidores. De janeiro de 2007 a novembro de 2012, o Governo do Ceará nomeou 13.474 servidores, entre eles 4.294 soldados, 3.453 professores da educação básica e 904 médicos.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Seplag


Curtir: