Ceará Eleições 2014

Guimarães descarta disputar vice e reafirma pré-candidatura ao Senado

"Não tenho de enfrentar qualquer debate, nem no campo da Ética e nem no campo do legado vitorioso do PT", diz o deputado. Foto: Divulgação
“Não tenho de enfrentar qualquer debate, nem no campo da Ética e nem no campo do legado vitorioso do PT”, diz o deputado. Foto: Divulgação

O deputado federal José Guimarães (PT-CE) reafirmou nesta segunda-feira (5) a decisão do Encontro Estadual de Tática Eleitoral de indicá-lo para vaga de senador. Antes da assembleia extraordinária da Fetraece, que reuniu 400 delegados ligados à entidade, o parlamentar cearense negou o interesse de disputar a vaga de vice-governador e reafirmou o interesse de disputar vaga de senador.

“O PT apresentou sua definição no Encontro de Tática, que é eleger cinco deputados federais, seis ou sete deputados estaduais e a prioridade da disputa para o Senado aqui no Ceará. Temos conversado com todas as correntes do PT, somos um partido que temos 30 prefeitos e quase 200 vereadores e ninguém vai colocar na cabeça do PT que ele não estará na chapa majoritária. Ficar com a vice, pela força do PT não dá”, disse.

Reservado
Ao final do 14o Encontro Nacional do Partido dos Trabalhadores, a presidente Dilma Rousseff conversou por 15 minutos com o pré-candidato petista à Casa Revisora. A conversa reservada aconteceu na mesma semana em que Dilma esteve reunida com os irmãos Cid e Ciro Gomes em Brasília. Ainda durante o Encontro Nacional, o ex-presidente Lula se declarou livre para fazer campanha de candidaturas petistas por todo País.

Disputa nacional
Na avaliação do deputado Guimarães, a reeleição da presidente Dilma Rousseff põe em cheque a continuidade do projeto político liderado pelo PSDB.

“Por que a direita está tão ouriçada? Porque a direita sabe que a Dilma reeleita agora governa pelos próximos quatro anos. E, em 2018, o Lula está sadio e poderá perfeitamente voltar a governar o Brasil por mais 8 anos. O PSDB sabe que a reeleição da Dilma é o fim deles e estamos caminhando para ganharmos a eleição em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Minas Gerais”, aposta.


Curtir: