Eleições 2014

“Imprescindível”: Tasso admite disputar o Senado em 2014

Tasso vai fortalecer o palanque de Aecio Neves no Ceará
Tasso vai fortalecer o palanque de Aecio Neves no Ceará

O ex-governador Tasso Jereissati (PSDB) admitiu, nesta terça-feira (22), que pode disputar a vaga ao Senado Federal na eleição de 2014 se for “imprescindível” para dar sustentação à candidatura de Aécio Neves (PSDB) na corrida presidencial.

O anúncio foi feito durante encontro da Executiva Nacional da legenda, em Brasília, e contraria declarações anteriores do tucano que davam conta da impossibilidade de seu retorno.

Netos
Em 2010, quando foi derrotado nas urnas, Tasso anunciou que se afastaria da política para se dedicar aos netos. Apesar das expectativas, o ex-senador disse, em entrevista ao Jornal O Estado, que não pretendia voltar à disputa nas urnas. Mas o PSDB insiste que Tasso deve entrar na disputa. 

Leia ainda:
Fora do jogo: Tasso descarta candidatura nas eleições de 2014

Palanque no Ceará
O senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB e pré-candidato à Presidência da República, insiste há meses para que Tasso dispute as eleições, tendo inclusive defendido que ele voltasse a disputar o governo estadual. O tucano precisa de um palanque no estado, onde o governador Cid Gomes (Pros) está fechado com a reeleição da presidente Dilma.

Especulação
Nos bastidores, comenta-se que o senador Eunício Oliveira, pré-candidato a governador pelo PMDB, conversará com o PSDB do presidenciável Aécio Neves, em Brasília. O objetivo: formar palanque no Ceará com os tucanos e tendo, principalmente, o ex-senador Tasso Jereissati como aliado. Tasso seria o preferencial para a vaga de senador.


Curtir: