Eleições 2018

Justiça Eleitoral lança pesquisa participativa para ouvir cidadãos e definir metas para 2019

Justiça Eleitoral lança pesquisa participativa para ouvir cidadãos e definir metas para 2019

Cidadãos de todo o país, servidores e profissionais da área jurídica poderão se manifestar e dizer qual das metas estipuladas para a Justiça Eleitoral é a mais importante a ser alcançada em 2019.

Também é possível avaliar o grau de relevância de cada uma delas. O processo participativo e democrático foi lançado na quarta-feira (18) e permanece aberto até 31 de julho deste ano.

Durante esse período, qualquer cidadão poderá responder a um breve questionário disponível nos portais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Tribunais Regionais Eleitorais (TRE’s). As metas nacionais têm o objetivo de promover a convergência de esforços dos tribunais brasileiros visando o aperfeiçoamento do Poder Judiciário Nacional.

Participe
O objetivo é tornar o processo de escolha das metas específicas para a Justiça Eleitoral o mais participativo possível e ouvir da sociedade o que ela espera que essa justiça especializada possa fazer pelo Brasil. Preencha seu formulário de pesquisa no link, clicando aqui. 

Metas
Na Resolução 221, de 10 de maio de 2016, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) indicou a necessidade da realização de consulta pública como etapa preliminar ao processo de formulação das metas nacionais do Poder Judiciário, nas quais estão inseridas as da Justiça Eleitoral, e das políticas judiciárias do CNJ.

Essas políticas são formuladas a partir de estudos e análises técnicas feitas pelo Conselho visando o aperfeiçoamento do Poder Judiciário. As ações são traçadas por conselheiros e comissões permanentes do CNJ, pela Corregedoria Nacional de Justiça e pela Presidência do órgão de controle administrativo, financeiro e disciplinar do Judiciário nacional.

Com informações do TSE


Curtir: