Ceará

Justiça Federal suspende aposentadoria do Conselheiro do TCE, Teodorico Menezes

O Conselheiro Teodorico pediu afastamento do cargo após denúncias de irregularidade

O juiz federal Felini de Oliveira Wanderley determinou a suspensão imediata dos pagamentos relativos a aposentadoria do cargo de contador do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – Incra, usufruídos pelo Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Ceará – TCE, Teodorico José Menezes Neto.

A medida é uma resposta à ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal. A determinação ficará valendo até que Teodorico escolha entre a aposentadoria do Incra ou pelo provento do TCE.

Para garantir a legalidade de todo o procedimento realizado para a concessão da aposentadoria do Conselheiro Teodorico José Menezes Neto, o juiz determinou ainda que o Incra faça a revisão do benefício no prazo de 30 dias.

Segundo o MPF, Teodorico Menezes teria o dever de renunciar a aposentadoria do cargo de contador do INCRA antes de assumir o cargo de Conselheiro do TCE. Como não agiu conforme a legislação, segundo o Mnistério Público, o Conselheiro não optou por uma das remunerações ao tomar posse no TCE, passando a acumular durante quase 12 anos, de forma ilícita os proventos do INCRA com o subsídio do TCE.

Lembrando
Teodorico Menezes pediu afastamento do cargo de presidente do TCE após denúncias de irregularidades em convênios firmados entre a secretaria das Cidades e associações comunitárias para a construção de kits sanitários que nunca saíram do papel. Os presidentes dessas associações tem ligação direta com o Conselheiro que é pai do deputado estadual Teo Menezes do PSDB.

Leia também:
Presidente do TCE cancela férias e pede afastamento do cargo 
BNB envia esclarecimentos ao blog  
Vídeo: Denúncias de fraudes na construção de kits sanitários em 5 cidades 
Governo do Ceará financia esquema milionário de banheiros fantasmas    

Vídeo: Governo do Ceará pagou R$ 400 mil para construção de banheiros que não saíram do papel    


Curtir:


One thought on “Justiça Federal suspende aposentadoria do Conselheiro do TCE, Teodorico Menezes

  1. SINTO MUITA REVOLTA E “DOR NO CORAÇÃO” COM CERTAS COISAS QUE ACONTECEM NO MEU PAÍS. POR ME APEGAR AOS MEUS PRINCÍPIOS, COMO POR EXEMPLO: “FALAR A VERDADE”, CHEGUEI A PERDER OPORTUNIDADE DE EMPREGO EM DUAS EMPRESAS. ESTOU SEM EMPREGO, SEM SALÁRIO, MAS NÃO SEM PAZ COM MINHA CONSCIÊNCIA.

    AGORA VEJA SÓ O CASO DESSE PRESIDENTE DO TCE, SUSPEITO DE LADROÁGEM. SALÁRIO 22 MIL MAIS UMA APOSENTADORIA DO INCRA IRREGULAR (SEGUNDO O MPF). SERÁ QUE FEZ CONCURSO PARA SER UM CONSELHEIRO? NÃO, FOI INDICADO ASSIM COMO OS DEMAIS, ALIÁS, NEM É PRECISO TER FORMAÇÃO ACADÊMICA P/ OCUPAR UMA VAGA NESSA CORTE.

    FOI MUITO BEM FEITO ESSA SUSPENÇÃO DA APOSENTADORIA DESSE…POR PARTE DA JUSTIÇA FEDERAL. E SE CASO SE CONFIRME QUE ESSE PRESIDENTE É CORRUPTO A JUSTIÇA DEVE FAZER COM QUE ELE PERCA O CARGO E SALÁRIO E UMA PENA DE PRESTAR POR MUITOS ANOS SERVIÇO VOLUNTÁRIO EM BENEFÍCIO DA SOCIEDADE, COMO POR EXEMPLO AJUDAR NA COSTRUÇÃO DE BANHEIROS.

    SE ISSO ACONTECESSE ELE AINDA DEVERIA SER FELIZ DE TER NASCIDO AQUI NO BRASIL E NÃO NA CHINA, PORQUE LÁ A CORRUPÇÃO É RESOLVIDA DE UMA FORMA BEM DIFERETE.

Comments are closed.