Economia

Levy diz que medidas para reequilibrar a economia já foram iniciadas

Levy diz que medidas para reequilibrar a economia já foram iniciadas
Levy diz que medidas para reequilibrar a economia já foram iniciadas

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse nesta sexta-feira (9) – ao responder a pergunta do internauta Igor Calado – durante bate-papo no Facebook, que o governo já adotou medidas para gastar menos e reequilibrar a economia. Ele citou as mudanças recentes nos benefícios da Previdência.

Levy disse que essas medida foram tomadas a fim de evitar algumas distorções. E deu, como exemplo: “alguém que começa a receber pensão de viúvo ou viúva aos 25 anos de idade e vai continuar recebendo esse dinheiro do governo talvez por mais de 50 anos”.

Desperdício
O ministro acrescentou que não faz sentido esse desperdício com o dinheiro do povo. “O governo diminuiu o volume de empréstimos com juros baratos para algumas empresas. Empréstimo barato também é pago pelo contribuinte e tem de ser dado só em situações muito especiais. O governo também mostrou, ontem (8), que está cortando nas suas próprias despesas”, postou Levy. Ele se referiu aos cortes no custeio, recursos do orçamento para pagar principalmente a máquina do governo.

Bloqueio
“O corte nessas despesas, que [chegou] a um terço [do previsto], é essencial neste momento. O objetivo é limitar esse tipo de despesa para, com essa economia, ter dinheiro para pagar a Previdência Social e os benefícios certos, que o governo tem obrigação de pagar, e sempre em dia”, respondeu. Ontem, o Diário Oficial da União publicou medidas estabelecendo bloqueio mensal de R$ 1,9 bilhão no orçamento até que a programação orçamentária seja aprovada pelo Congresso Nacional.

Com informações da Agência Brasil


Curtir: