Em Brasília

Líderes se articulam para formação de blocos partidários para eleição da Câmara

Eduardo Cunha quer que PMDB siga na presidência da Câmara
Eduardo Cunha quer que PMDB siga na presidência da Câmara

Líderes partidários estão articulando formações de blocos parlamentares visando à disputa pela presidência da Câmara e por outros cargos na Mesa Diretora e também nas comissões técnicas da Casa a partir de fevereiro de 2015.

Na terça-feira (11), PMDB e Solidariedade (SD) firmaram compromisso para a formação de um bloco parlamentar. O acordo foi fechado durante almoço dos deputados do SD com o líder do PMDB, deputado Eduardo Cunha (RJ).

Cunha
Segundo o presidente do SD, deputado Paulo Pereira da Silva (Paulinho da Força), os dois partidos firmaram o acordo para a formação do bloco e o apoio dos deputados do SD à provável candidatura do deputado Eduardo Cunha à presidência da Câmara no dia 2 de fevereiro do ano que vem. Paulinho informou que está praticamente fechada a formação de um bloco envolvendo o PMDB, o SD e outros partidos, que terão juntos mais de 160 deputados.

Articulação
Pela tradição da Câmara, cabe à maior bancada ou bloco partidário a indicação do candidato para disputar a Presidência da Casa. O líder Eduardo Cunha trabalha para a formação de um grande bloco que lhe dê sustentação para a disputa da presidência da Câmara.

E ainda
Paralelamente à formação do bloco, Cunha trabalha também para conquistar o voto da maioria dos deputados para se eleger. “Estou fazendo a minha parte. Vou atrás de cada voto, um por um”, disse Eduardo Cunha à Agência Brasil.

Com informações da Agência Brasil


Curtir: