Ceará

Luizianne diz que convite de Cid a deputados petistas é “cooptação”

Cid em campanha para Luizianne, em 2008. Águas passadas. Foto: arquivo Jangadeiro Online

A prefeita Luizianne Lins, presidente estadual do PT, avalia que o convite do governador Cid Gomes (PSB) para que dos deputados estaduais petistas voltassem a ocupar secretarias do Estado é uma forma de “cooptação” de aliados. Segundo ela a existe uma “tentativa sistemática” de cooptar parceiros para o governo Cid.

“Lamentavelmente existe um processo de tentativa de cooptação sistemática. Acho que isso aí é uma política que a gente está vendo que é corriqueira aqui no Ceará. As pessoas ficam tentando cooptar as demais. Enfim, é uma coisa nunca antes vista”, enfatizou a petista. A declaração foi feita após reunião do PT, na noite de quinta-feira (05) no hotel Marina Park.

Durante a reunião da Executiva, os petistas discutiram sobre o retorno, ao governo do Estado, dos secretários Nelson Martins (do Desenvolvimento Agrário), Camilo Santana (das Cidades) e Francisco Pinheiro (da Cultura).

Ainda segundo Luizianne Lins, a volta dos secretários foi uma “decisão pessoal”.

Apoio ou traição
Já sobre o engajamento dos secretários na campanha eleitoral para a sucessão em Fortaleza, Luizianne disse que qualquer petista, mesmo os que estão no governo Cid, deve participar prestando apoio a candidatura de Elmano de Freitas (PT). Caso contrário, o Partido dos Trabalhadores pode avaliar a conduta como “traição”, o que, segundo Luizianne, não será aceito pela legenda.

“O certo é que todos os petistas apoiarão a candidatura do candidato do PT que é o Elmano de Freitas, nome decidido por amplíssima maioria do partido”, disse para em seguida concluir afirmando que: “Para nós, isso é traição, infidelidade partidária. Não vamos aceitar que estejam apoiando candidatura do governador e não do PT”, concluiu.

Com informações do jornal O Povo.


Curtir: