ALEC

Lula prega “sensatez” para fim da greve dos professores da rede pública estadual

Deputado Lula Morais (PCdoB) na tribuna da AL.

O deputado Lula Morais (PCdoB) disse, na manhã desta terça-feira (04/10), durante a sessão da Assembleia Legislativa, que os professores da rede pública estadual ganharam força política com a greve da categoria. “Com este capital político, eles precisam negociar com o Governo para obter o ganho financeiro. Queremos que impere a sensatez para alcançarmos uma solução para o fim da greve”, afirmou.

Lula Morais lamentou, ainda, a violência registrada na semana passada, na Assembleia, no conflito entre educadores e a Polícia. “Depois do que aconteceu, a sociedade passou a ter uma opinião a favor da luta dos professores”, comentou. Para ele, os professores têm razão em reivindicar a implantação do piso nacional, “fruto de uma luta de mais de 50 anos”.

Na Lei
Segundo o parlamentar comunista, seu partido teve participação na proposta de elaboração do piso. A Lei Nacional do Piso, conforme ele, também garante que um terço da carga horária dos professores seja dedicada a atividades fora da sala de aula. “Eles têm direito a essas horas para preparação e planejamento dos seus trabalhos”, comentou.

No Voto
O detalhe é que o deputado Lula Morais votou com a base de apoio ao governo Cid Gomes aprovando a mensagem, rejeitada pelos educadores em greve, que criou uma nova tabela de vencimentos apenas para os professores de nível médio.

Leia mais:
Greve dos Correios pode terminar nesta terça
Em assembleia, professores da rede pública estadual decidem continuar greve
Polícia e professores entram em confronto na AL

 


Curtir:


3 thoughts on “Lula prega “sensatez” para fim da greve dos professores da rede pública estadual

Comments are closed.