Jogo Rápido

Lula recebe visita de Fernando Henrique Cardoso no hospital

Ex-presidentes têm conversa amigável em São Paulo. Tucano considera estado de saúde de Lula bem melhor do que imaginava. Foto: Ricardo Stuckert /Instituto Lula

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) visitou na manhã desta terça-feira (27) ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista. Lula, que faz tratamento de combate a um câncer de laringe diagnosticado em outubro de 2011, tem ido ao hospital para acompanhar uma inflamação na garganta e passar por sessões de fonoaudiologia.

Leia mais:
Lula avisa que volta ao trabalho no dia 15 de março

Lula passa bem e faz mais uma sessão de radioterapia

Após radioterapia, Lula é submetido à quimioterapia

Lula começa sessões de radioterapia dia 4 de janeiro

Amigável
Durante a visita, que durou cerca de 50 minutos, os dois tiveram uma conversa amigável. Fernando Henrique considerou o estado de saúde de Lula bem melhor do que imaginava. Além dos ex-presidentes, estiveram presentes no encontro o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, e o médico Roberto Kalil, que aproveitou para tirar uma foto ao lado de Lula e FHC.

Novos Exames
Na quarta-feira, Lula passará por novos exames. A perspectiva da equipe médica é de que o ex-presidente petista não precise mais ser submetido a sessões de quimioterapia ou de radioterapia. O último exame detalhado realizado por Lula, em dezembro, apontou uma redução do tumor de 75% em relação ao seu tamanho inicial, de 2,5 centímetros de diâmetro.

Agenda
Na sexta-feira, a expectativa é que Lula participe de evento realizado por seu instituto sobre regionalização de políticas públicas no Hotel Jaraguá, em São Paulo.

Articulação Política
Apesar do tratamento, o ex-presidente Lula tem participado ativamente da articulação política em torno de alianças para as eleições municipais de outubro. No último fim de semana, Lula recebeu o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, em seu apartamento em São Bernardo do Campo. Os dois trataram do apoio do PSB à candidatura petista de Fernando Haddad em São Paulo.

Aliança eleitoral
No encontro, a aliança PSB-PT não foi selada, mas Campos garantiu a Lula que o seu partido, o PSB, não vai apoiar a candidatura de José Serra (PSDB) à Prefeitura de São Paulo.

Comento
Apesar de adversários políticos, Lula e Fernando Henrique convivem civilizadamente. O debate político deveria ser assim, sem ódio ou rancor entre as partes. Serve de exemplo para muitos outros políticos.

Com informações do Portal IG e do Instituto Lula


Curtir: