Ceará

Mais de 19 mil hectares serão desapropriados para reforma agrária no Ceará

Assentamento em Mosenhor Tabosa (Foto: RedeCCom)

A presidente Dilma Rousseff assinou a liberação do primeiro lote de desapropriações de terra para a reforma agrária. Segundo o superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Raimundo Cruz, só no Ceará foram 12 decretos em 11 municípios do interior.

Ouça aqui: Superintendente do Incra fala sobre desapropriações

Serão destinadas áreas para ocupação nos municípios de Crateús, São Luís do Curu, Umirim, Pentecoste, Senador Pompeu, Trairi, Tamboril, Barro, Caridade, Cascavel e Quixadá. Cerca de 19 mil hectares de terra serão desapropriados beneficiando 354 famílias.

Ouça aqui: Lista de municípios beneficiados

A partir da próxima semana, o Incra começa a avaliar o valor das terras e envia o relatório para Brasília para a liberação do dinheiro. Após o pagamento ser efetuado, acontece o ajuizamento da ação para o assentamento.

Também será liberada uma linha de crédito de R$ 20,3 mil para cada família assentada com o intuito de promover a construção de casas, sistemas de água e apoio à produção agrícola.

Ouça aqui: Governo libera linha de crédito

Leia mais:
Assentamento é exemplo na produção de caju
Em protesto, pais de alunos fecham escola de assentamento em Itapipoca

Assentados realizam festival cultural

Redação Jangadeiro Online, com informações da Jangadeiro FM