Em Brasília

Mandato de João Goulart será simbolicamente devolvido nesta quarta-feira

Mandato de João Goulart será simbolicamente devolvido nesta quarta-feira
Mandato de João Goulart será simbolicamente devolvido nesta quarta-feira

Sessão solene no Congresso Nacional, nesta quarta-feira (11), devolverá simbolicamente o mandato presidencial de João Goulart . O projeto que anulou a sessão do Congresso de 2 de abril de 1964, em que foi declarado vago o cargo de presidente da República, então ocupado por Jango, foi aprovado no mês passado.

Argumento
À época, o argumento para a perda de mandato foi que João Goulart havia fugido do Brasil. Para os autores do projeto, senadores Pedro Simon (PMDB-RS) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), a vacância não poderia ter sido declarada, uma vez que João Goulart estava em solo brasileiro, e não no exterior.

Quem vai?
A presidente da República, Dilma Rousseff e o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, estão entre os convidados que confirmaram presença. A solenidade ainda deve reunir ministros de Estado e dos tribunais superiores.

Restos Mortais
Na última sexta-feira (6) os restos mortais do ex-presidente João Goulart, trazidos a Brasília para exames no Instituto Nacional de Criminalística (INC) do Departamento da Polícia Federal, foram levados de volta para São Borja (RS) e foram enterrados com honras militares. João Goulart morreu em 6 de dezembro de 1976, na cidade de Corrientes, na Argentina.

Com informações da Agência Senado


Curtir: