Mensalão

Mensalão teve “dois pesos e umas 19 medidas”, afirma Dilma

Mensalão teve “dois pesos e umas 19 medidas”, afirma Dilma. Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Mensalão teve “dois pesos e umas 19 medidas”, afirma Dilma. Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

A presidente Dilma Rousseff afirmou que houve uma grande discrepância em relação à investigação do mensalão do PT, que resultou na condenação pelo Supremo Tribunal Federal de 25 réus, e do mensalão do PSDB, cujo processo atualmente tramita na Justiça de Minas Gerais.

“Nessa história da relação com o PT, tem dois pesos e umas 19 medidas. Porque o mensalão [do PT] foi investigado. Agora, o mensalão mineiro [do PSDB], não”, disse Dilma.

Na gaveta
A candidata à reeleição insinuou que houve engavetamento no caso dos tucanos. “Quando foi o nosso caso, tomamos todas as providencias. Não tivemos nenhum processo de interromper a justiça. Não pressionamos juiz, não falamos com procurador, não engavetamos o processo”, afirmou a petista, sem entrar em detalhes.

Com informações do OE


Curtir: