Eleições 2012

Ministério Público apresentou 16 ações de impugnação em Iguatu

Ministério Público apresentou 16 ações de impugnação em Iguatu

O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio do promotor de Justiça Eleitoral da 13ª Zona Eleitoral, Francisco das Chagas da Silva, apresentou 16 ações de impugnação contra pedidos de registro de candidatura nos municípios de Iguatu e Quixelô, sendo dois candidatos ao cargo de prefeito e 14 para vereador.

Sem elegibilidade
As ações de impugnação de registro de candidatura apresentadas pelo Ministério Público Eleitoral tem como fundamentos a falta de condição de elegibilidade, bem como em face de causa de inelegibilidade, por hipótese de cometimento de improbidade administrativa com base em contas desaprovadas pelo TCM.

Candidatos
Os candidatos que tiveram seus registros impugnados foram: candidatos a prefeito: José Gilson de Oliveira (Quixelô) e Aderilo Antunes Alcântara Filho (Iguatu). Candidatos a vereador: Ana Sergia Souza Pompeu (14371); Francisco Helmer Alves de Alcântara (11444); Antônio Pereira da Silva (11222); Marta Maria Gomes de Andrade (11777); Antônio Adil de Medeiros Neto (15678); Marcos de Oliveira Alves (14222); Cícero Cirino dos Santos (12567); Leidiane Holanda Lavor (15800); José Gonçalves Sobrinho (12123); Maria Lizania da Silva (11011); Ney Magalhães Mendonça (10333); Leandro Lopes de Souza (15000); Francisco Nelho Bezerra (10888); e Raimundo Idevan Martins de Lima (15123)

Com informações do MPE


Curtir: