Ceará

Ministério Público recebe inscrições para cursos de gênero em Fortaleza e Sobral

A cearense Maria da Penha acompanha uma das aulas

O Ministério Público do Estado do Ceará está recebendo inscrições para novas capacitações sobre gênero e violência contra a mulher em Fortaleza e Sobral.

Turmas
No interior serão duas turmas: a primeira delas nos próximos dias 22 e 23, e a segunda nos dias 24 e 25 deste mês. Na Capital, as aulas ocorrem nos dias 29 e 30 de outubro. Em Sobral, são ofertadas 50 vagas para cada turma, mas na Capital as vagas são ilimitadas.

A iniciativa é dos Núcleos de Gênero Pró-Mulher, coordenados pela procuradora de Justiça Maria Magnólia Barbosa da Silva, e conta com o apoio da Escola Superior do Ministério Público (ESMP).

Público Alvo
As capacitações são voltadas para servidores públicos que lidam cotidianamente com a temática da violência, professores, enfermeiros, funcionários de postos de saúde, hospitais, colégios e para a população em geral.

Carga horária
Os cursos têm ao todo 12h/aula e vão abordar o conceito de gênero, os tipos de violência contra a mulher, a Lei Maria da Penha e a rede de atendimento às mulheres em situação de violência. No primeiro dia de cada capacitação, o horário é das 8h30min às 17 horas e no segundo dia vai das 8h ao meio-dia.

Maria da Penha
A farmacêutica cearense Maria da Penha, cuja história de luta incentivou a criação da lei de mesmo nome, estará presente no curso da Capital, especificamente no dia 30.

Locais
A capacitação acontece no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, na Rua Assunção, 1100, José Bonifácio. O telefone para mais informações é (85) 3214.2230. Já em Sobral, o curso será realizado na Escola Educar Sesc, na Rua Dom Lourenço, 855, Campo dos Velhos. O contato para informações é o (88) 3613.1281. Os interessados também podem procurar a Escola Superior do Ministério Público, que atende pelo número (85) 3452.4521.

Incrições
As inscrições devem ser feitas no site da ESMP, neste link: http://www.mp.ce.gov.br/esmp/cursos.asp.

Com informações do Núcleo de Gênero Pró-Mulher do MPCE


Curtir: