Ceará

Ministra diz que vale-cultura vai “bombar” no Ceará

Ministra diz que vale-cultura vai “bombar” no Ceará
Ministra diz que vale-cultura vai “bombar” no Ceará

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, esteve nesta quinta-feira (23) em Fortaleza. Ela veio ao Ceará pedir apoio para implementação do Vale-Cultura. A proposta do governo federal visa fornecer aos trabalhadores meios para consumir produtos culturais. Na agenda, a ministra teve reunião com a classe empresarial, com o governador Cid Gomes (PSB) e prefeito Roberto Cláudio (PSB).

“Vai bombar”
Em entrevista coletiva à imprensa, Marta Suplicy afirmou que, no Ceará, o vale-cultura irá “bombar”. A ministra disse ter chegado a essa conclusão após observar o interesse das pessoas em buscar cultura, além de ter recebido incentivo por parte da classe empresarial. Marta explicou que a ideia da proposta surgiu ainda no governo do ex-presidente Lula como política de inclusão social.

R$ 300 milhões
Durante encontro com empresários, a ministra disse que, atualmente, existem 5.128 empresas aptas a aderir ao programa. O Nordeste corresponde a 18% desse número. A previsão é que o Vale-Cultura entre em vigor a partir de agosto, movimentando, no segundo semestre do ano, cerca de R$ 300 milhões.

Governo e Prefeitura
Durante encontro com o governador Cid Gomes e o prefeito Roberto Cláudio, foram expostas as ações voltadas para cultura desenvolvidas pelo Estado e Município, como políticas de editais.

Audiência Pública
À tarde, a ministra participou de audiência pública na Câmara Municipal. “O vale vai abrir às portas para que os produtores de cultura possam ampliar mercados e ganhar com isso”, afirmou, destacando que a visita ao Ceará foi “bastante rica” tanto com a classe empresarial quanto com o lado governamental e cultural.

Cultura Negra
Marta ainda falou da polêmica envolvendo os editais de cultura negra. “É inaceitável e incompreensível que tenhamos esse retrocesso no País. Acreditamos que seja uma incompreensão do que seja o edital para comunidade negra”, disse, em referência a decisão de um juiz federal do Maranhão de suspender os editais de incentivo à cultura negra lançados pelo MinC em novembro de 2012.


Curtir: