Ceará

Movimento promove protesto pacífico contra construção do Acquário

Foto: Movimento "Quem dera ser um peixe"

Cerca de cem pessoas se reuniram na tarde deste sábado (17) para protestar contra a construção do Acquário, na Praia de Iracema. Esta foi a segunda vez que a reunião aconteceu.

De acordo com a assessoria do movimento “Quem dera ser um peixe”, as reuniões não têm cunho político e as pessoas vão aos encontros para discutir ideias de melhorias para Fortaleza. As conversas entre os participantes são sempre intercaladas por apresentações artísticas.

Leia ainda: 
Cid Gomes faz visita surpresa ao canteiro de obras do Acquário Ceará   
Iphan aponta irregularidades na licença para construção do Acquário
“Não há material arqueológico no terreno do Acquário”, diz secretário do Turismo

De acordo com Enrico Rocha, membro do “Quem dera ser um peixe”, o movimento tornou-se popular nas redes sociais e, a partir daí, surgiu a ideia dos encontros. As reuniões são abertas ao público, não tem data para acabar e acontecem sempre aos sábados, na Praia de Iracema, próximo à Ponte dos Ingleses.

Leia ainda:
Visita inesperada de Cid gomes acaba em confusão