Fortaleza

MP recomenda que Câmara aborde educação nas reuniões da LOA

Plenário da CMFor - Foto: Genilson de Lima/CMFor

A Câmara Municipal de Fortaleza recebeu um ofício do Ministério Público Estadual, na manhã desta quinta-feira (10), recomendando que os vereadores deem mais importância às discussões sobre educação durante a votação dos projetos da Lei Orçamentária Anual (LOA).

Segundo o ofício, existe um procedimento administrativo que investiga a adequação da oferta de vagas na educação infantil em Fortaleza. O assunto foi tema de pronunciamento do vereador Jaime Cavalcante (PP), no dia 3, no qual ele apontou que somente 10% das crianças, de até três anos, estão matriculadas nas creches municipais.

A promotora Elizabeth Maria Almeida recomenda que os vereadores discutam “as metas pertinentes ao incremento do número de vagas nas unidades de educação infantil, bem como à construção, ampliação e reforma das unidades de educação infantil e ao incremento de verbas orçamentárias, inclusive com a oferta de emendas.”

Com informações da CMFor