Ceará

MPCE denuncia agente penitenciário pelos crimes de peculato e corrupção

MPCE denuncia agente penitenciário pelos crimes de peculato e corrupção

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio do Núcleo de Investigação Criminal (NUINC), apresentou denúncia contra o agente penitenciário Luiz Fernandes Perote da Costa pelos crimes de peculato e corrupção.

Segundo o MP, ele atuava na unidade penitenciária Francisco Adalberto de Barros Leal, conhecida popularmente como “Carrapicho”, em Caucaia.

De acordo com a denúncia, uma composição da Polícia Militar flagrou Alexcyer Pereira Chaves em posse de droga ilícita para, logo em seguida, seguindo as orientações deste, abordarem o agente penitenciário, que estava encarregado de fazer a entrega da droga a Antonio Macio, um detento na unidade onde o agente trabalhava. Por este motivo, eles foram autuados na Delegacia de Assuntos Internos (DAI), por crime de tráfico de entorpecentes.

Pacotes
O que chamou a atenção do NUINC foi o fato da polícia ter encontrado no carro de Luiz Perrote diversos aparelhos de telefonia celular, carregadores, fones de ouvido, baterias e cabos de metal, todos acondicionados em forma de pacotes.

Investigações
Ao aprofundar as investigações os promotores de Justiça descobriram que o agente penitenciário estava envolvido em outros atos ilícitos, como a apropriação de celulares apreendidos em vistorias na unidade penitenciária e o recebimento de valores indevidos para introduzi-los novamente no mesmo ambiente.

E ainda
Em depoimento prestado ao NUINC, o agente penitenciário confessou que a companheira do presidiário, Mayara Henrique, lhe propôs recompensa financeira para que ele entrasse na unidade prisional com “utensílios” destinados à Antônio Macio; e que havia se apropriado de celulares apreendidos no interior do presídio.

Com informações do MPE


Curtir: