Bastidores

MPCE e Polícia Civil realizam busca e apreensão no gabinete do vereador Leonelzinho Alencar

MPCE e Polícia Civil realizam busca e apreensão no gabinete do vereador Leonelzinho Alencar. Foto: Genilson de Lima
MPCE e Polícia Civil realizam busca e apreensão no gabinete do vereador Leonelzinho Alencar. Foto: Genilson de Lima

Uma operação do Ministério Público e da Polícia Civil esteve, nesta terça-feira (02), no gabinete do vereador Leonelzinho Alencar (PTdoB). Os oficiais cumpriram 30 mandados de busca e apreensão no gabinete do vereador, na casa dele, no Instituto Jáder de Alencar (que pertence à família do parlamentar), e na residência de funcionários e parentes  de Leonelzinho.

A Onde É
A investigação, comandada pela Procap, a Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública, investiga um suposto esquema de desvio da verba de desempenho parlamentar (VDP) para uso pessoal, nos mesmos moldes do investigado recentemente no caso do, agora, ex-vereador A Onde É.

Leia ainda: 
Vereador A Onde É pede renúncia do mandato
Relator pede cassação do vereador A Onde É

Juiz determina afastamento do vereador A Onde É e de chefe de gabinete
Vereador “A Onde É” monta equipe e faz reuniões diárias com novos assessores
Vereador A Onde É pode voltar para a Câmara Municipal ainda nesta sexta

Comissão de Ética da Câmara avança no pedido de cassação de A Onde É
Vereador A Onde É deixa a cadeia após 40 dias de prisão

Desvio
Outra acusação contra Leonelzinho dá conta do desvio dos recursos públicos destinados ao Instituto Jáder de Alencar.  A verba, que seria para “fins sociais”, estaria sendo utilizada para publicidade do mandato de Leonelzinho.

Judiciário
Os mandados cumpridos nesta terça-feira foram expedidos, a pedido do Ministério Público Estadual, pelo juiz Ireilande Prudente Saraiva, da 18ª vara criminal, e estão sendo cumpridos com o auxílio da Polícia Civil.

Afastamento
O promotor Ricardo Rocha, da Procap, que comanda as investigações, diz que o vereador será afastado por 180 dias. Outras informações serão divulgadas pelo Ministério Público, em entrevista coletiva, na tarde desta terça-feira.


Curtir: