Onda de Manifestações

MPF quer garantia de integridade física de manifestantes em atos de protesto no Ceará

MPF quer garantia de integridade física de manifestantes em atos de protesto no Ceará. Foto: Reprodução da internet
O procurador da República, Alessander Sales, apresentou relatos sobre possíveis excessos da Polícia contra manifestantes. Foto: Reprodução da internet

Durante reunião, na tarde de segunda-feira (24), o Ministério Público Federal (MPF) cobrou da Polícia Militar a garantia da integridade física dos manifestantes e a identificação dos participantes envolvidos em atos de vandalismo, durante os protesto de rua em Fortaleza, para que sejam aplicadas as devidas punições legais.

Excessos
Os procuradores da República Alexandre Meireles e Alessander Sales apresentaram relatos de manifestantes que reclamaram de possíveis excessos por parte da Polícia nas últimas mobilizações organizadas em Fortaleza.

Orientação
O comandante-geral da Polícia Militar do Ceará, Werisleik Matias, explicou que as tropas são orientadas a fazer uso da força somente em situações de depredação do patrimônio ou quando há agressão contra oficiais.

Plano de Ação
A Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC) do MPF/CE pediu que a Polícia ponha em prática um plano de ação que garanta a segurança dos participantes, entretanto, ponderou que não é possível impedir o uso de armas não letais quando forem observados atos de vandalismo durante os protestos.

Com informações da assessoria


Curtir: