Nacional

MST entra na Justiça contra desocupação em fazenda de Eunício Oliveira

MST entra na Justiça contra desocupação em fazenda de Eunício Oliveira. Foto: Divulgação
MST entra na Justiça contra desocupação em fazenda de Eunício Oliveira. Foto: Divulgação

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra ( MST) entrou com uma nova ação na Justiça de Goiás para tentar impedir a reintegração de posse prevista para esta segunda-feira (24), em uma fazenda do senador Eunício Oliveira (PMDB).

A área tem cerca de 24 mil hectares e fica em Corumbá de Goiás, a 150 quilômetros de Brasília.

Confronto
“É uma tragédia anunciada, em um dos maiores complexos latifundiários improdutivos do país”, diz Valdir Misnerovicz, coordenador estadual do MST, sobre o possível confronto entre a Polícia Militar e as cerca de 3 mil pessoas da ocupação.

Na semana passada, um grupo de sem-terras encerrou a greve de fome iniciada três dias antes, na Assembleia Legislativa de Goiás, após a notícia de que outra tentativa de evitar o despejo havia sido negada pela Justiça.

Leia ainda:
MST ocupa Fazenda do senador Eunício Oliveira em Goiás
Elmano participa de ato do MST na fazenda de Eunício Oliveira

Reintegração
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, foram realizadas quatro reuniões com representantes do movimento, do senador, da Ordem dos Advogados do Brasil e dos governos estatual e federal desde a ocupação da fazenda, em agosto. Sem acordo, a justiça determinou o cumprimento da reintegração de posse – que será a terceira no estado, desde a criação da Comissão de Conflitos Fundiários no estado, em 2012. Ao todo, a comissão já resolveu cerca de 30 conflitos neste período.

Com informações do Poder Online/IG


Curtir: