Polêmica
Atualizado em: 08/07/2011 - 4:20 pm

Alfredo Nascimento

Dois dias depois de reassumir o mandato no Senado, o ex-ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento (PR-AM), requereu nesta sexta-feira (8) licença da Casa para o período de 7 a 18 deste mês, para tratar “de interesses particulares”.

A Constituição dá ao parlamentar direito à licença sem que o suplente, João Pedro (PT-AM), assuma vaga. Com isso, Nascimento só retornará ao Senado em agosto, após o recesso parlamentar, que começa justamente no dia 18.

Denúncias
Alvo de denúncias de envolvimento em esquema de superfaturamento em obras públicas e cobrança de propina em órgãos vinculados ao Ministério dos Transportes, Nascimento foi exonerado do cargo.

Estão previstas para a semana que vem audiências públicas nas comissões de Infraestrutura e de Meio Ambiente, Fiscalização e Controle do Senado e em três comissões da Câmara dos Deputados para que ele explique as denúncias publicadas pela revista Veja desta semana.

Leia mais:
Governo Dilma decide demitir Ministro dos Transportes
ISTOÉ revela: “As negociatas do ministro Nascimento”

Alfredo Nascimento não será remunerado durante o período de afastamento dos trabalhos legislativos. Na quinta-feira (7), o líder do PR na Câmara, Lincoln Portela (MG), afirmou que o senador licenciado e presidente do partido vai se manter afastado do processo de negociação com a presidenta Dilma Rousseff para a escolha do seu substituto no Ministério dos Transportes.

Com informações da Agência Brasil

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me