Fortaleza

Nesta quarta, Câmara Municipal debate problemas do abastecimento de água em Fortaleza

A audiência pública atende a solicitação do vereador do Psol- Foto: Genilson de Lima/CMFor

Com o objetivo de discutir a constante interrupção de abastecimento de água no Município de Fortaleza, o vereador João Alfredo (Psol) solicitou a realização de uma audiência pública. O debate acontece nesta quarta-feira (21), às 14h30, no auditório Ademar Arruda, na Câmara Municipal de Fortaleza.

Leia ainda:
Cid diz que Cagece sofre problema estrutural e pede desculpas pela falta d’água
Heitor Férrer pede abertura de CPI para investigar denúncias contra Cagece
Tribunal de Contas do Estado realiza inspeção em contrato da Cagece

Sem água
Segundo o vereador, a iniciativa partiu devido a grave situação em que se encontram diversos bairros da capital, com a falta de abastecimento dágua. João Alfredo argumenta que mesmo o problema tendo sido divulgado em diversas mídias, nada foi resolvido e a dificuldade persiste, gerando consequências em especial na saúde e na alimentação dos moradores.

Nos hospitais
O parlamentar ainda exemplificou o fato ocorrido no Frotinha de Antônio Bezerra, na semana passada, em que a falta de água causou diversos transtornos para os pacientes internados. “Esta situação não pode persistir. Por isso, urge a busca de soluções para que a população não mais sofra com a interrupção no abastecimento d´agua”, disse Alfredo.

Convidados
Foram convidados para a audiência, o Presidente do Sindiágua, Jadson Sarto; a Promotora de Justiça de Defesa da Saúde Pública, Dra. Isabel Porto; o Presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB, Dr. Fernando Férrer; Deputada Estadual, Eliane Novais; Procurador Geral de Justiça, Dr. Alfredo Ricardo Machado; Diretor Presidente da Cagece, Dr. Gotardo Gurgel; Procurador Geral do Município, dr. Martônio Mont´alverne; Coordenação das Cbs da Arquidiocese de Fortaleza; Presidente da ACFOR, Dr. José Nunes Passos; Secretária Executiva do Decon, Ann Cely Sampaio Cavalcante e o Departamento de Engenharia Hidráulica e Ambiental da UFC.

Com informações da CMFor


Curtir: