Ceará

Operação desmonte identifica irregularidades em 39 municípios cearenses e as denúncias não param

Em Itapiúna, um porco foi encontrado dentro de uma das salas de uma escola pública abandonada pela prefeitura. Foto: Everardo Bezerra.
Em Itapiúna, um porco foi encontrado dentro de uma das salas de uma escola pública abandonada pela prefeitura. Foto: Everardo Bezerra.

O Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará está julgando processos de improbidade administrativa detectados na operação desmonte, realizada em parceria com o Ministério Público. Diversas cidades do Ceará foram abandonadas depois que os antigos prefeitos deixaram os cargos.

39 cidades
A operação do Tribunal de Contas em parceria com o Ministério Público do Ceará detectou irregularidades em 39 municípios cearenses onde o prefeito não foi reeleito ou não fez o seu sucessor. Mas a gravidade dos problemas em algumas localidades só começa a ser percebida agora, despois da posse dos novos gestores.

Porco na sala
São muitos os casos de desmonte. Em uma escola Pública de Itapiúna, a 110 quilômetros de Fortaleza, membro da Comissão de Patrimônio Público do Município, descobriram que um porco estava vivendo em uma das salas. As imagens registradas pela Comissão mostram cadeiras jogadas pelo chão e salas de aula abandonadas.  De acordo com o presidente da comissão, Everardo Bezerra, a fiscalização foi feita na manhã de quarta-feira (16.01). “Essa escola, na localidade de Rodeador Itapiúna, chamou a nossa atenção. A unidade, que funcionou na gestão passada, está praticamente sem condições de atender alunos e professores”, indigna-se.

Materiais em meio a fezes
Na biblioteca, diversos livros e materiais didáticos estão espalhados pelo chão em cima de fezes de ratos, baratas e morcegos. A comissão encontrou ainda um porco em uma das salas de aula. Bezerra conta que, além do problema estrutural da escola, ainda há o atraso de pagamentos aos servidores. Segundo ele, os funcionários levaram objetos que pertenciam ao colégio devido à falta de salário. “Aparelhos de televisão, DVD e utensílios da cozinha foram levados, já que não houve pagamento”, explica.

Outra denúncia
Outra denúncia foi registrada na semana anterior. Desta vez, o prefeito recém-empossado de Itaiçaba, José Orlando de Holanda (PMDB), decidiu denunciar o desmonte na administração do município que tinha como gestor até o ano passado, o agora ex-prefeito Frank Gomes (PDT). Uma equipe de reportagem da TV Jangadeiro foi até o município para ver de perto as irregularidades denunciadas. O prefeito recém-empossado, acusa a administração passada de abandono de obras, escândalo com empréstimos consignados e atraso no salário dos funcionários.

Afastados
Durante a operação contra o desmonte, os prefeitos de Jati, Granja, Granjeiro e Uruburetama foram afastados dos cargos a pedido do Ministério Público.

Contas bloqueadas
Já os municípios de Mosenhor Tabosa, Jucás, Crato, Pacajus, Milhã e Granja tiveram contas bloqueadas para que fosse garantido o pagamento dos salários dos servidores públicos em atraso.

Acompanhe na reportagem do Jornal Jangadeiro:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=hrayi89yNm0&feature=share&list=UUo9ccRwo7Nu5urecpHlgPfA[/youtube]


Curtir: