Corrupção

Operação em Trairi prende primeira-dama, filho do prefeito e mais oito por corrupção eleitoral

Uma operação da Polícia Federal (PF) no município de Trairi na manhã desta quarta-feira (19) prendeu a esposa e o filho do atual prefeito Josimar Moura Aguiar acusados de corrupção eleitoral. A ação quer cumprir ao todo treze mandados de prisão e mais 23 de busca e apreensão na cidade. Três vereadores também foram presos; dentre eles, o presidente da Câmara Municipal.

De acordo com o promotor de justiça de Trairi, Igor Pereira, a operação já cumpriu dez dos treze mandados de prisão. Pereira afirmou que o prefeito Josimar Moura já foi afastado do cargo. “Eles são acusados de formação de quadrilha que atuava em larga escala praticando uma série de atos de corrupção eleitoral, como a compra de votos”, diz.

O promotor revelou que também foi expedido um mandado de prisão contra o vice-prefeito, Francisco Flávio de Azevedo, mas ele está foragido. A PF ainda faz buscas para encontrá-lo.

Outra operação

Trairi já havia sido alvo de outra operação no início de setembro por desviar R$ 20 milhões de verbas públicas. Na época, os titulares das secretarias de Saúde e Educação já haviam sido presos e novos mandados de prisão foram expedidos para José Evandro Cunha e Maria das Graças Barbosa Damasceno.

Lista dos mandados de prisão

Antônio Barros Barbosa (presidente da Câmara Municipal)
Antônio Eduardo (comerciante)
Elis Regina Vital (atuava na campanha eleitoral)
Euclides Andrade de Castro (secretário de Finanças)
Gustavo Viana Aguiar (filho do prefeito e secretário de administração)
Francisca Oneide benevides (vereadora)
Francisco Flávio de Azevedo (vice-prefeito)
Francisco Magno Magalhães (vereador e candidato a prefeito)
José Aloísio Maramaldo Filho (advogado)
José Evandro Cunha (secretário de Saúde)
Maria das Graças Barbosa Damasceno (secretária de Educação)
Maria Gorete Souto Pinto (atuava na campanha eleitoral)
Sílvia Virgínia Aguiar (primeira-dama)


Curtir: