Corrupção

Operação Lava-Jato estuda medidas contra os partidos políticos

Operação Lava-Jato estuda medidas contra os partidos políticos. Foto: Polícia Federal/Divulgação
Operação Lava-Jato estuda medidas contra os partidos políticos. Foto: Polícia Federal/Divulgação

A força-tarefa da Operação Lava-Jato estuda tomar medidas contra os partidos políticos beneficiados pelo esquema de corrupção da Petrobras.

As investigações apontaram que o PT, PSBD, PP e PMDB receberam doações oficiais para disfarçar atos de corrupção na petroleira. O tesoureiro do PT, João Vaccari Neto já está denunciado por lavagem e corrupção.

Dúvida?!
Nesta sexta-feira (20), o coordenador da força-tarefa, Deltan Dallagnol, afirmou que ainda não se sabe se as medidas serão tomadas, mas que elas são estudadas por um grupo de nove procuradores do Ministério Público.

Medidas
Entre as 10 medidas de combate à corrupção anunciadas na manhã desta sexta-feira (20) pela Procuradoria Geral da Republica (PRG) está a aplicação de multas aos partidos, a suspensão do fundo partidário, a suspensão do diretório estadual ou municipal e em último caso, o cancelamento do registro do partido político em todo país.

Com informações das Agências


Curtir: