Polêmica

Orlando Silva confirma saída do Ministério do Esporte

Depois de reunião que durou cerca de uma hora, nesta quarta-feira (26), com a presidente Dilma Rousseff, o ministro do Esporte, Orlando Silva, comunicou que está se afastando do governo devido à crise que se instalou após a publicação de denúncias de que há um esquema de desvio de recursos públicos em sua pasta.

Ele disse que sai do cargo para poder defender-se das denúncias e também para evitar que seu partido, o PCdoB, seja usado como instrumento de ataque contra o próprio governo, já que a legenda compõe a base aliada no Parlamento.

“Há 12 dias, estou sendo vítima de ataques baixos. Nesses 12 dias, nenhuma prova foi apresentada contra mim. Mas isso gerou uma crise política e eu tenho compromisso com esse governo.”

Orlando Silva disse que, na conversa, a presidente exaltou seu trabalho e os cinco anos em que ele esteve à frente da pasta. “Não é possível jogar cinco anos de trabalho na lata de lixo”, disse.

Substituto
O ex-ministro do Esporte preferiu não comentar quem seria seu substituto na pasta, mas tudo indica que será um nome do próprio PCdoB. Na tarde desta quarta, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, disse que, em um primeiro momento, Dilma deve optar por nomear o secretário executivo do ministério, Waldemar Manoel Silva de Souza, como interino, até que ela possa decidir, junto com o PCdoB, o nome do novo ministro.

Relembre o caso
Há duas semanas, a revista Veja publicou denúncia do policial militar João Dias, que é dirigente de uma organização não governamental que recebeu dinheiro do ministério, sobre os desvios de recursos públicos do Programa Segundo Tempo.

Depois da reportagem, Orlando Silva foi mais de uma vez ao Congresso Nacional para prestar esclarecimentos. O policial também foi ao Congresso e prestou depoimento à Polícia Federal, mas não chegou a apresentar provas, conforme havia prometido, de que o ministro recebeu dinheiro do esquema.

Leia mais:
Orlando Silva é o sexto ministro a cair em dez meses de governo Dilma
Orlando Silva deve deixar o Ministério do Esporte nesta quarta
STF abre inquérito para investigar Ministro Orlando Silva

Com informações da Agência Brasil


Curtir: