Internacional

Parlamento Russo adota lei contra propaganda homossexual

Parlamento Russo adota lei contra propaganda homossexual
Parlamento Russo adota lei contra propaganda homossexual

O Parlamento Russo adotou na sexta-feira (25), em primeira leitura, um polêmico projeto de lei que sanciona a “propaganda da homossexualidade diante dos menores” de idade. A proposta foi aprovada por 388 votos a favor, um contra e uma abstenção.

Proteção?
O projeto foi apresentado em 2012 à Câmara baixa pelo parlamento de Novosibirsk (na Sibéria). Ao defender a proposta, o deputado Serguei Dorofeyev, do partido (no poder) Rússia Unida, declarou que era preciso “proteger os menores das consequências da homossexualidade”. Apesar da justificativa, ele disse que o texto não condena a homossexualidade.

Liberdade
Já a deputada Elena Mizulina, do partido Rússia Justa (centro-esquerda), avaliou que a propaganda da homossexualidade limita “o direito dos menores a se desenvolverem livremente” e a escolherem livremente sua orientação sexual.

E ainda
Além de Novosibirsk, outras cidades, entre elas a segunda maior do país, São Petersburgo, adotaram textos similares, provocando críticas do Ocidente e de associações que denunciam uma lei homofóbica. Segundo a proposta, as multas impostas podem chegar a 12.500 euros.


Curtir: