Eleições 2016

Partidos confirmam datas das convenções

Pré-candidatos a prefeito de Fortaleza se organizam e buscam fechar os últimos acertos para fortalecer suas candidaturas até as convenções
Pré-candidatos a prefeito de Fortaleza se organizam e buscam fechar os últimos acertos para fortalecer suas candidaturas até as convenções

A dois dias para o início do período em que podem ser realizadas as convenções partidárias, as legendas no Ceará começam a definir as datas para os eventos que oficialização os candidatos das eleições de 2016.

Este ano, as convenções serão realizadas entre os dias 20 de julho e 5 de agosto, segundo o calendário estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na reta final, os pré-candidatos a prefeito de Fortaleza se organizam e buscam fechar os últimos acertos para fortalecer suas candidaturas até as convenções.

PMDB
O deputado Danniel Oliveira (PMDB) afirmou que a sigla elabora um calendário entre o dia 22 de julho e 5 de agosto onde serão realizadas convenções municipais. A ideia, segundo ele, é promover, em média, de quatro a cinco eventos municipais, por dias.

O senador Eunício Oliveira, presidente regional da legenda, deve prestigiar todos. “O PMDB deverá lançar o maior número de candidatos a prefeito da história do partido”, disse ele, acrescentando que a pretensão é eleger o maior número de prefeitos no Estado.

Além disso, o PMDB organiza-se para estar presente também nas convenções de aliados como PSDB e PR. Além de Fortaleza, outros municípios também receberão a caravana do partido, conforme Danniel Oliveira.

PDT
O PDT também fecha os últimos detalhes rumo às convenções. Segundo o presidente estadual, deputado federal André Figueiredo, a legenda tem hoje 69 prefeitos e trabalha para ampliar este número, ou, no mínimo, mantê-lo. A sigla, até o momento, possui cerca de 117 pré-candidatos nos diversos municípios cearenses.

“Nós acreditamos que poderá haver alguma mudança nesses números, mas queremos ser o partido com maior quantidade de prefeitos no Ceará”, frisou ele, ressaltando que também quer aumentar o número de vice-prefeitos e de vereadores na Capital e no interior. “Nós, queremos fazer, interior e Capital, uma coligação muito forte para eleger o maior número possível de prefeitos, incluindo Fortaleza”, destacou.

Reeleição
Em Fortaleza, a convenção está marcada para 5 de agosto, último dia do prazo no calendário eleitoral. Sobre a reeleição de Roberto Cláudio, Figueiredo demonstrou confiança. Segundo ele, as pesquisas internas apontam chances de conseguir o segundo mandato, pois mostram uma tendência de crescimento de aceitação por parte da população. “Em todas as áreas de Fortaleza, em todas as classes sociais, Roberto Cláudio está tendo aumento de aceitação e isso é sinal de que a administração dele está agradando em cheio, o que poderá continuar até a véspera do pleito”, disse, ressaltando o acirramento da disputa pela chefia do Palácio do Bispo nas eleições deste ano.

PRB
O PRB pode ser o primeiro partido a realizar convenções. A legenda marcou para o dia 30 de julho a oficialização da candidatura do deputado federal Ronaldo Martins.

Psol
Já o Psol marcou a convenção para o dia 31 de julho. Na ocasião, a legenda vai apresentar o programa que vem sendo elaborado por integrantes e apoiadores da sigla. No último sábado, a agremiação, juntamente com seus aliados se reuniram para construção de uma plataforma de governo. A iniciativa faz parte do projeto “Fortaleza Solar”, espaço colaborativo que objetiva reunir militantes do partido, pesquisadores, apoiadores e movimentos sociais que atuam em diversas áreas.

PT, PHS e PR
Quem também marcou convenção para o próximo dia 31 foi o PT, que irá oficializar o nome da deputada federal e ex-prefeita Luizianne Lins (PT) na disputa pela refeitura de Fortaleza; o PHS, que lançará o ex-vice prefeito e deputado estadual, Tin Gomes (PHS) à disputa pelo Paço; e o PR que trará o deputado estadual Capitão Wagner como prefeiturável.

Por falar em Wagner, o pré-candidato receberá, nesta quinta-feira, o apoio oficial do Solidariedade. Ele ainda aguarda a definição do vice, que será indicado pelo PMDB.

PSTU e PSDC
O PSTU, que lançou a pré-candidatura do operário da construção civil Gonzaga, ainda não definiu data para a convenção, mas já apontou o nome da professora Nivânia Amâncio como a vice na chapa majoritária. O PSDC, do deputado estadual Ely Aguiar também não confirmou data para oficializar a candidatura do parlamentar na disputa pela prefeitura de Fortaleza.

PSB e REDE
Pré-candidato à Prefeitura, Heitor Férrer, oficializa, nesta segunda-feira (18), o apoio da Rede Sustentabilidade. Além do apoio, a sigla indicará o candidato à vice-prefeito.O escolhido para integrar a chapa ao lado de Heitor é Dimas Oliveira, advogado e principal dirigente da Rede no Ceará. Os comandos das duas legendas anunciaram a data da convenção partidária para o próximo dia 31 de julho no ginásio do colégio Ari de Sá, na avenida Heráclito Graça.

Com informações do OE


Curtir: