Nacional

PDT fecha questão contra reformas previdenciária e trabalhista

Carlos Lupi é o presidente do PDT

O PDT vai se posicionar contra as reformas Trabalhista e da Previdência. Durante a convenção nacional, neste sábado (18) o partido aprovou a proposta do presidente do PDT, Carlos Lupi, de fechar questão contra as reformas apresentadas pelo presidente Michel Temer. “Não vamos aceitar fazer reforma em cima do trabalhador”, afirmou Lupi.

Com o partido fechando questão contra as duas reformas, o parlamentar que votar a favor das duas propostas pode ser expulso do partido.

Contra
A proposta de fechar questão contar as reformas só recebeu um voto contrário. Um dos integrantes do partido afirmou que ainda não era hora de se posicionar sobre as questões, que seria necessária mais discussão.

Votação
Essa semana o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a proposta de reforma trabalhista enviada pelo presidente Michel Temer será votada no plenário da Casa antes de ser analisada pelo Senado. A reforma foi enviada pelo Palácio do Planalto ao Congresso Nacional em dezembro do ano passado e está em discussão em uma comissão especial da Câmara.

Com informações do G1


Curtir: