Partidos

“Podemos”: Novo partido defende transparência e democracia direta

“Podemos”: Novo partido defende transparência e democracia direta

O novo partido Podemos terá seu lançamento nacional no dia 1º de julho, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.

O Podemos, que sucede o Partido Trabalhista Nacional (PTN), teve a troca de estatuto e de nome homologada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 16 de maio.

A nova legenda diz que pretende “aproximar a política dos anseios da população brasileira, que vem ocupando as ruas desde 2013 para protestar contra a corrupção e a falta de transparência na política”.

“Assim, o Podemos não significa apenas a mudança de nome de um partido; trata-se de modificar o comportamento político, atualizando a democracia e resgatando a esperança dos brasileiros. Para isso, o Podemos defende transparência, maior participação da população e ações de democracia direta. O movimento não se define como de esquerda ou de direita, pois considera superado esse modelo ideológico, que não se comunica mais com a maioria da sociedade”, diz a nova agremiação.

Herança do PTN
Para a presidente do partido, a deputada federal Renata Abreu (SP), “o Podemos nasce com uma herança muito boa do PTN, partido que teve o maior crescimento no país (150%) em número de prefeitos eleitos em 2014, subindo de 12 para 30. Já o número de vereadores saltou de 428 para 764. E o número de deputados federais subiu de três para 13. Contamos ainda com filiação, em breve, do senador Álvaro Dias (PV) e de vários outros parlamentares”, diz Renata Abreu.

Serviço: Lançamento nacional do Podemos
Data: 1º de julho de 2017
Horário: 9h
Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães – St. de Divulgação Cultural 05 – Eixo Monumental – Brasília – DF


Curtir: