Ceará Greve

Policiais civis decidem encerrar greve após Assembleia Geral

Os policiais civis do Ceará decidiram encerrar a greve nesta quinta-feira (15) durante a Assembleia Geral da categoria, na sede do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de Estradas, Pavimentações e Obras de Terraplenagem em Geral no Estado do Ceará (Sintepav), em Fortaleza.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Ceará (Sinpoci), Inês Romero, com a decisão, a categoria cumpre a ordem da desembargadora Sérgia Maria Mendonça, do Tribunal de Justiça do Estado.

Segundo Inês Romero, nenhuma das reivindicações foi acatada. “Nós temos o menor salário do Brasil”, disse. A categoria reivindicava contratação de novos policiais aprovados em concurso público, o pagamento de 60% do salário de delegado para os demais agentes e a dispensa de curso superior para promoção na carreira.

Operação padrão
A partir de agora os policiais civis iniciam a operação intitulada “Cumpra-se a Lei”, em que os servidores cumprirão suas atividades de acordo com o previsto na lei. O objetivo da ação, segundo o Sinpoci, é sensibilizar as autoridades a respeito das condições de trabalho dos policiais.

Suspensão da greve
A greve da Polícia Civil foi deflagrada no dia 2 de julho, mas o movimento chegou a ser suspenso no dia 9 de agosto. Sem resultados nas negociações com o Governo do Estado, a categoria decidiu retomar a paralisação no dia 15 de outubro.

Leia mais:
Greve da Polícia Civil deve ser suspensa nesta quinta
Greve dos Policias Civis completa dois meses nesta quinta-feira

Redação Jangadeiro Online, com informações do Sinpoci