Greve

Policiais civis se reúnem no prédio do TJCE para pedir reembolso dos salários

Um grupo de policiais civis está reunido em frente ao prédio do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE), aguardando o julgamento de um mandado de segurança repressivo que pede o reembolso dos salários cortados de alguns servidores.

O Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Ceará (Sinpoci) enviou um relatório com o registro de ponto dos policiais atingido pela medida do governador Cid Gomes. O órgão solicitou a volta do pagamento em regime de urgência.

Segundo a assessoria de comunicação do Sinpoci, não é garantida a entrada do grupo para debater o tema com o desembargador Emanuel Leite Albuquerque.

Os servidores estão com seus contracheques nas mãos com o intuito de sensibilizar a justiça a respeito da devolução das remunerações.

Greve
Os policias civis cearenses estão em greve desde o dia 15 de outubro. A paralisação dos inspetores e escrivães havia começado em julho e foi suspensa em agosto. Haveria um acordo com o Governo, mas as negociações não evoluíram e os policiais retomaram o movimento.

O sindicato afirma que os movimentos são pacíficos e têm por objetivo sensibilizar o Governo a respeito de algumas exigências dos servidores, como reajuste salarial e melhoria nas condições de trabalho.

PMs e BMs
No próximo sábado (17), será realizada uma caminhada com a participação dos policiais e bombeiros militares em alusão à campanha salarial da categoria para 2012. Servidores, familiares e amigos se reúnem a partir das 8h, na Praça do Ferreira e partem em direção ao 5º Batalhão de Polícia Militar, no Centro.

Todos os participantes usarão camisas na cor vermelha.

Leia mais:
Sinpoci adia assembleia geral para quinta-feira
Sindicato dos Policiais Civis realiza assembleia para debater rumos da greve
Policiais civis são impedidos de entrar no plenário da Assembleia Legislativa

Redação Jangadeiro Online