Greve

Policias com salários reduzidos vão às ruas pedir dinheiro

Policiais civis do Ceará que tiveram os salários reduzidos pelo Governo vão às ruas para pedir dinheiro. É o que afirmou a presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpoci), Inês Romero. Segundo ela, a decisão foi tomada em assembleia e tem objetivo de ajudar os cerca de 199 inspetores e escrivães que tiveram desconto de 60% nos vencimentos pagos.

A intenção é percorrer ruas, sinais, praias e praças do Estado, pedindo dinheiro a população. “Esses policiais que tiveram o corte não podem sair prejudicados. Como eles vão comer, pagar as contas, sustentar a família?”, diz Inês. A previsão, segundo ela, é de que a ação comece a partir da próxima semana. “O Sindicato está preparando os materiais para divulgar, depois vamos às ruas”.

A presidente do Sinpoci afirmou ainda que a categoria não sabe o motivo do desconto nos salários, já que os policiais civis não faltaram ao trabalho, pois a greve não é ilegal nem imoral. “Não se sabe o critério, não houve processo administrativo, não houve nada”, afirma.

Greve
Os policias civis cearenses estão em greve desde o dia 15 de outubro. A paralisação dos inspetores e escrivães havia começado em julho e foi suspensa em agosto. Haveria um acordo com o Governo, mas as negociações não evoluíram e os policiais retomaram o movimento.

Leia mais:
Governador confirma corte em salários de policiais grevistas 

Assista à reportagem exibida no Jornal Jangadeiro 2ª Edição:

Redação Jangadeiro Online, com informações do Sinpoci