Ceará

Prefeita de Tarrafas é acusada de improbidade administrativa

Ministério Público acusa Prefeita de Tarrafas por atos de improbidade administrativa

O Ministério Público do Estado do Ceará ingressou nesta terça-feira (02/10) com uma ação civil pública contra a prefeita de Tarrafas, Antônia Simião Lopes Leite. Ela é acusada de improbidade administrativa, por terem sido constatadas graves irregularidades na sua gestão.

A ação é assinada pelo promotor de Justiça Edgard Jurema de Medeiros.

Contas
A prefeita municipal teve as contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas dos Municípios, sendo aplicada multa, imputação de débito e nota de improbidade administrativa contra ela ao ser constatada a ocorrência de despesas públicas sem licitação. Além disso, a gestora também realizou o pagamento de diárias sem o mínimo amparo legal.

Consciente
Segundo o promotor de Justiça, todos os atos de improbidade foram praticados por Antônia Simião Lopes Leite de forma livre e consciente, pois a maioria deles necessitava superar as fases de execução da despesa pública.

Se condenada
Caso venha a ser condenada pela Justiça, a prefeita de Tarrafas poderá sofrer as seguintes penalidades: perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos, pagamento de multa, proibição de contratar com o poder público ou receber qualquer benefício oficial pelo prazo de cinco anos.

Com informações do MPE


Curtir: