Ceará

Prefeito afastado de Pacajus está em liberdade

O prefeito afastado de Pacajus, município da Região Metropolitana de Fortaleza, foi solto na última sexta-feira (6), depois de passar 21 dias preso na delegacia de Capturas e Polinter. Pedro José Philomeno Gomes foi preso no último dia 15 de dezembro numa operação conjunta da Polícia Civil com o Ministério Público, acusado de desvio de verbas e fraudes em processos licitatórios.

De acordo com o delegado Tarcísio Coelho, Pedro Philomeno Gomes conseguiu a liberdade através do Superior Tribunal de Justiça – STJ. Ele vai continuar respondendo em liberdade por desvio de verbas públicas, enriquecimento ilícito e lavagem de dinheiro.

Investigação do MP
A operação conjunta foi resultado de investigações Procuradoria de Combate aos Crimes Contra a Administração Publica (Procap), do Ministério Público. Na ocasião, também foram presas outras dez pessoas: o presidente da Câmara Municipal, vereador Francisco Carlos Martins (PSDB); a procuradora do município, Érica Leandro Alencar; o secretário de Finanças, Antônio Héder Holanda da Silva; e Valmir de Sousa Falcão, também secretário municipal.

Foram presos ainda o vereador Jocélio Bezerra Almeida; o contador da Câmara Municipal, Vitório Andson de Sousa Lima; a filha do prefeito, Luciana Pereira Figueiredo; o genro do prefeito, Jorge Clementino Diego; a esposa do secretário de Finanças, Neudeci Honorato Herculano; e Anercília Maria de Sousa, presidente da Comissão de Licitação.

Leia mais

Prefeito afastado de Pacajus deve passar Réveillon em liberdade
Câmara Municipal de Pacajus afasta prefeito

Prefeito interino de Pacajus assume cargo e diz que ficou “constrangido” por irregularidades
Novo prefeito de Pacajus deve assumir nesta sexta-feira

Redação do Jangadeiro Online