Ceará Denúncia

Prefeito de Barro é acusado pela PF de desvio de dinheiro público

Do Jangadeiro Online

Prefeito de Barro, José Marquinelo Tavares (DEM)

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (14), em Juazeiro do Norte, uma operação para cumprir Mandados de Busca e Apreensão no município de Barro, na região do Cariri cearense. A operação é realizada em conjunto com a Controladoria Geral da União no Estado do Ceará e recebeu o nome de “Robalo”.

Leia mais:
Vereadores e ex-prefeito de Ibaretama estão entre os presos pela PF
Prefeito de Nova Russas é preso pela Polícia Federal
Ex-prefeito de Canindé é acusado de desvio de verbas

As investigações da PF decorrem de um Inquérito Policial, em que são investigados crimes de peculato – ou seja, desvio de recursos públicos federais –, fraudes em licitações e formação de quadrilha. Segundo a PF, a prática criminosa envolve o prefeito de Barro, José Marquinelo Tavares (DEM), com participação de um vereador e de alguns servidores públicos do município.

Acusações
Eles são acusados de construir açudes públicos com uso de maquinário particular, de propriedade do prefeito José Tavares, além de usar combustível da prefeitura e trabalhadores braçais que eram servidores públicos do município.

De acordo com a Polícia, essas obras eram realizadas com a aparência de que tinham sido executadas por empresas particulares, vencedoras de licitações “fantasmas” e fraudulentas. O objetivo, ainda segundo a PF, era desviar os recursos públicos federais destinados às obras.

Mandados
Os Mandados de Busca e Apreensão no município de Barro foram expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região
em Recife/PE, após representação da Autoridade Policial em Juazeiro do Norte/CE. A operação foi batizada com o nome de uma espécie de peixe que tem preferência por águas barrentas, em referência ao objeto da investigação e ao município investigado.


Curtir:


4 thoughts on “Prefeito de Barro é acusado pela PF de desvio de dinheiro público

  1. Nos moradores dessa cidade estamos sofrendo com o descaso da administração publica, ate o onibus universitario que a prefeitura pagava a metade foi cortado por faltas de verbas, uma vergonha pois onde esta o dinheiro da prefeitura? Enquanto isso muitos universitario desistem do sonho de uma graduação por falta de condições de pagar transporte. Peço a quem poder nos ajude a achar uma solução para esse problema, e peço aos meio de comunição que nos ajude na nossa baatalha.
    claudia sobral

  2. O BARRO TEM QUE PASSAR A LIMPO…
    A GANANCIA E A IMPUNIDADE DEIXA ACONTECER ISTO AI…
    PARABENS POLICIA FEDERAL E DENUCIANTES

  3. OPERAÇÃO ROBALO

    O circo armado no Barro pela oposição ao prefeito Marquinélio Tavares denominada de “operação robalo” pela policia federal, foi tão absurda quanto à afirmativa de um ex-líder político na explicação do habitat do peixe. O robalo na realidade é um peixe de água salgada, vive no oceano em regiões escuras e calmas.
    Na verdade a operação deveria ser denominada de OPERAÇÃO TRAÍRA, um peixe voraz e predador que tem marcada predileção por sombras e escuridão, caracteristicas desse ex-lider que sempre busca agir na calada da noite, perseguindo os seus adversarios de forma sorrateira e covarde.

  4. Quem pode impedir estas licitações criminosas nos municipios cearenses?
    Quando vejo noticias envolvendo gestores municipais em corrupção, sinto ódio da justiça deste estado, por que vejo que não dá em nada. Se existe corrupção neste País é por que não existe justiça.

Comments are closed.