Ceará

Prefeito de Juazeiro fecha acordo e desiste de redução do salários dos professores

Professores de Juazeiro protestam contra a redução dos salários. Foto: reprodução da internet
Professores de Juazeiro protestam contra a redução dos salários. Foto: reprodução da internet

Após audiência no Ministério Público do Ceará (MP/CE), por meio da promotora de Justiça Alessandra Magda Monteiro, foi firmado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) acerca da redução de salários sofrida pelos professores da rede municipal de Juazeiro do Norte.

40%
No início do mês, a Câmara de Vereadores aprovou o novo Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) da categoria que resultava, entre outras medidas, na redução de até 40% nos salários dos educadores. O fato causou polêmica e motivou várias manifestações no município.

Revogação
Com o acordo, o prefeito Raimundo Macedo irá sancionar a lei aprovada do novo PCCR e em seguida, enviará à Câmara de Vereadores um novo projeto revogando todas as modificações aprovadas no plano sancionado. Assim, não haverá modificação no vencimento dos servidores. E o novo plano será plenamente revogado.

Protesto
Apesar do compromisso assumido pelo prefeito, permanece nas redes sociais a convocação para a caminhada #Fora Raimundão pelas ruas de Juazeiro do Norte nesta sexta-feira (28).

Leia ainda:
Prefeito de Juazeiro é “cercado” por manifestantes dentro de agência bancária


Curtir: