Ceará

Prefeito e vereador de município cearense são feitos reféns durante assalto

Prefeito de Salitre, Agenor Manoel Ribeiro (PT)

O prefeito do município cearense de Salitre, Agenor Manoel Ribeiro (PT), foi feito refém por cerca de cinco horas, durante um assalto na noite de quarta (29) e madrugada desta quinta-feira (1º). Junto com ele, estavam o presidente da Câmara dos Vereadores da cidade, Rondilson de Alencar Ribeiro, um comerciante e uma empresária, amigos do prefeito, além do motorista particular.

Segundo a polícia, o político transportava computadores e outros equipamentos de informática doados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), quando, em um trecho da CE-138, foram surpreendidos por cerca de 10 homens armados, em dois carros, que pediram para que o veículo em que Agenor Ribeiro estava parasse. Antes de anunciar o assalto, os acusados simulavam uma blitz.

O político e os outros quatro integrantes do veículo foram refeitos como reféns e levados para uma estrada carroçável. Após roubar os pertences e o carro, uma caminhonete S10, os assaltantes fugiram. De acordo com as vítimas, eles levaram cerca de R$ 3.400, além de quatro computadores e quatro estabilizadores, material que havia sido doado pela Sesa à cidade de Salitre.

Depois de liberado, o grupo seguiu a pé até a Delegacia Municipal de Morada Nova, onde chegou por volta de 1h30 da madrugada desta quinta-feira (1º). No depoimento aos policiais de plantão, Agenor Ribeiro e os outros reféns afirmaram que não sofreram nenhum tipo de agressão física. A polícia realiza diligências para tentar capturar os acusados.

Leia mais:
Bandidos assaltam casa de vereador de Fortaleza e o trancam no quarto
Prefeito de Ipu sofre acidente após tentativa de assalto na estrada