Fortaleza

Prefeitura de Fortaleza convoca empresas para conhecer situação dos terceirizados que prestam serviço ao município

Prefeitura de Fortaleza convoca empresas para conhecer situação dos terceirizados que prestam serviço ao município. Decisão foi anunciada após reunião entre servidores, secretária da Saúde e o presidente do Instituto de Planejameto, Eudoro Santana
Prefeitura de Fortaleza convoca empresas para conhecer situação dos terceirizados que prestam serviço ao município. Decisão foi anunciada após reunião entre servidores, secretária da Saúde e o presidente do Instituto de Planejameto, Eudoro Santana

A Prefeitura Municipal de Fortaleza vai convocar, a partir desta terça-feira (22/01), empresas que contratam mão de obra terceirizada e que prestam serviços ao município para obter informações sobre a situação do pagamento dos trabalhadores.

Acordo
A decisão foi tomada na segunda-feira (21/01), após reunião do presidente do Instituto de Planejamento de Fortaleza, Eudoro Santana, e da secretária de Saúde, Socorro Martins, com uma comissão de terceirizados das áreas da saúde e educação.

Atrasados
De acordo com a presidente do Seeaconse, Penha Mesquita, pelo menos cinco empresas estão devendo o mês de dezembro de 2012 e, em alguns casos, segundo o sindicato que representa os terceirizados, tem empresa que deve também o 13º salário. A secretária Socorro Martins explicou à comissão que mais de 300 empenhos foram cancelados pela antiga gestão somente na área da saúde, no último dia do ano de 2012, o que impossibilita que a atual gestão faça o pagamento.

IDGS
Com relação ao Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e de Apoio à Gestão de Saúde (IDGS), empresa com maior número de terceirizados na área da saúde, Eudoro Santana disse haver vários problemas de ordem administrativa e jurídica com a instituição.

Tá errado!
A secretária de Saúde lembrou ainda que o IDGS deveria ser responsável pela gestão dos servidores, o que envolve uma série de exigências legais, inclusive prestação de contas transparente e permanente. No entanto, segundo a secretária, o Instituto não presta esse serviço, funcionando apenas como uma empresa de contratação de mão de obra.

Com informações da Prefeitura de Fortaleza


Curtir: