Denúncia

Procuradoria Regional Eleitoral analisa possível conduta vedada da prefeita de Fortaleza

Luizianne Lins terá conduta availiada. Foto: Divulgação

O Ministério Público Eleitoral analisará suposta conduta vedada atribuída à prefeita de Fortaleza Luiziane Lins, por supostamente estar fazendo campanha política durante o horário do expediente, como gestora pública, em favor do candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) durante os últimos dias de campanha, em especial na tarde de terça-feira, dia 23 de outubro, na cidade de Fortaleza.

De acordo com matérias jornalísticas divulgadas na imprensa local, há evidências da participação da Prefeita em atos de campanha eleitoral, no horário normal de expediente.

Com informações do Ministério Público Federal no Ceará


Curtir: